Pitacos

A armadilha de Cheshire

O gato louco Cheshire apareceu de surpresa. Alice assustou-se, mas logo pensou que ele, assim como nos contos, indicaria o caminho certeiro. Porém, escondendo a inveja em seu largo sorriso, o gato simplesmente ignorou a sua função na história.

Resumiu em sentar-se em seu gordo rabo e apontar as falhas da caminhada da jovem. 

Alice nem precisou comer cogumelos para diminuir. As rápidas aparições de Cheshire – aliado ao consentimento da até então boazinha Rainha de Copas – provocaram recolhimento, dor de cabeça e desmotivação… Sendo assim, o gato poderia reinar absoluto e orgulhar-se sozinho por ser o único a sorrir no País das Maravilhas, mesmo que seus sumiços superassem as aparições. 
Mas, como não era boba, Alice resolveu esvaziar a caneca das amarguras e avaliar com cuidado as suas pegadas. Viu que o túnel que caiu possuía alguns esbarrões de fato, mas também muitas migalhas do cogumelo do crescimento. Alice sorriu e, grande novamente, continuou…  

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.