Pop e Art

Para ser aceito, Gominho evita contar histórias gays em A Fazenda

“E a roça está formada por mulheres”, declarou  Britto Jr. sobre a votação de A Fazenda na última semana, esquecendo que, entre a ex-dançarinas Rita Cadillac e Scheila Carvalho, estava o repórter de celebridades Gominho, de 24 anos. A inesperada frase gerou várias piadas nas redes sociais, uma vez que a sexualidade obviamente não faz de ninguém homem ou mulher, e obrigou Britto a pedir desculpas no programa seguinte. 

A confusão revelou, todavia, mais que uma escorregadela. Um esquecimento, que remete à própria presença de participante intimidado, homossexual, gordinho e efeminado ao lado de um grupo de saradões héteros. No programa, Gominho assume o tradicional papel do coadjuvante, gay e engraçado. Passa a maior parte do tempo na cozinha ou na cama, dá conselhos, garante não ter inimizades e não pronuncia nada, absolutamente nada, sobre a sua vida ou amores. 

Alguém café com leite, que não vale pra valer, que não é visto, que vê todas as histórias ocorrerem da janela, com vista panorâmica, mas sem participação. Alguém que, apesar de femininíssimo e aceito pela família, ainda tem receio de externar histórias e desejos gays ao mundo por medo de ser podado e discriminado.

Durante uma conversa com o apresentador Yudi, ele admitiu que evita falar sobre a sua vida justamente por ela ser muito gay: “O povo finge que aceita, mas na verdade engole. Por isso, é muito difícil falar da minha vida pessoal aqui dentro”, declarou. Quando foi questionado por Beto Malfacini se beijava muito na boca, ele cortou o modelo: “Me respeita, não sou seu amiguinho de escola”.
.

Na votação, ele se esconde na incerteza


O receio, embora contraditório, tem fundamento, uma vez que a Record censurou neste ano os beijos do primeiro casal lésbico de um reality show brasileiro, Angelis e Manoela na Fazenda de Verão, e há rumores que vetou inúmeros participantes homossexuais em outras edições. Mas não tira a responsabilidade de Gominho em se dar o direito de falar sem medos sobre o que viveu… 

Então, para ser engolido, o participante fica “no lugar dele”, caminha “até onde o gay pode ir”, sem colocar a barriga ou os pés para fora. Não arrisca levantar bandeira, sequer olha para algum muso da edição e chegou a ser cortado por Rita e Scheila quando mencionou que almejava ter um relacionamento aberto. 

Remete a muitos e muitos gordinhos que, no período de escola, se sentia intimidado e que se limitava a ser o amiguinho engraçado, conselheiro, desprovido de vida amorosa ou de grande relevância em uma competição. Afinal, além de não ser foco das conversas, ele nunca é escolhido para qualquer prova de resistência e, se não valesse dinheiro, certamente seria considerado o tal café com leite.

Não se trata de algo imposto, está nas entrelinhas das construções de relacionamento. Mas, como já dizia a atriz e ex-participante da Fazenda, Nany People, “as pessoas fazem com a gente o que a gente deixa, até quando a gente deixa…”

“Nasci gay e gordo”

Nascido em Bangu, subúrbio do Rio de Janeiro, o fofoqueiro de plantão [é assim que ele é anunciado no programa] surgiu na televisão como um comentarista de notícias do programa de fofocas Muito Mais, da Band. Desempregado, encara a Fazenda como uma reabilitação. “Estou tendo novos valores sobre relações com as pessoas e convivência”. Na inscrição, declarou ser da paz, relax, que sabe cozinhar, lavar e, no jogo, afirmou que não queria ser fazendeiro para não precisar acordar cedo … 



Seu grande momento até hoje foi quando tomou as dores da ex-chacrete [musa gay e titia] Rita e foi brigar com Lu Schievano. “Você não pode falar assim com a Rita”, enfrentou. “Quem é você? Desculpe, não conheço”, devolveu Lu, indo falar com a ex-chacrete. Quando enrolou vários minutos para escolher um participante para ir à roça. “Gosto de todo mundo”, dizia desesperado. E quando declarou que nasceu gay e gordo. 

“Eu já ouvi tanta coisa sobre mim. Mas nunca liguei porque sei que ninguém é obrigado a achar meu cabelo mara. Eu nasci gordo, com 5kg e sempre fui gay. Nunca me escondi, nunca precisei falar para a minha mãe, pois estava bem óbvio”, declarou ele, que curiosamente se escondeu nesta competição. 
.

Na roça desta terça-feira [23], em que enfrenta com sua amiga Rita, Gominho está na corda bamba. E, caso Ivete Sangalo, Preta Gil, Adriane Galisteu e Monique Evans [suas madrinhas] não se manifestem para o grande o público, pode perder a chance de ganhar R$2 milhões com 51%, de acordo com a maioria dos portais.

Gominho é simpático, divertido e querido, mas, se comparado a outros gays em reality show, a sua presença apática e medrosa ainda faz sentir falta de figuras como Jean Wyllys no BBB5, Dicesar do BBB10 e Daniel, do BBB11. Muitos não levantaram bandeiras, mas sacudiram o confinamento e compartilharam suas experiências, histórias e desejos.
.


Caso ele volte, torcemos para que saia da cama e passe a ser protagonista dessa história, assim como foi na estreia do programa. Se joga, Gominho!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.