Pop e Art Pride

Casais de lésbicas russas expõem corajosa relação de amor para fotógrafa britânica Anastasia Ivanova

Katerina e Zhanna: amor entre mulheres na Rússia
A Rússia virou sinônimo de homofobia desde que o presidente Vladimir Putin assinou em junho deste ano a lei que proíbe “propaganda gay” e manifestações de direitos LGBT no país. Diante da lamentável realidade política, a fotógrafa britânica Anastasia Ivanova teve um corajoso e ousado projeto: From Rússia With Love [Da Rússia, com Amor], em que retrata casais lésbicos de russas em momentos românticos.
Publicada pela revista inglesa MUFF, a artista afirma que a ideia é que as pessoas saibam o que ocorre de fato entre os casais formados por mulheres e que não se trata de um bicho de sete cabeças. A diretora da publicação Elisabeth Bukanova declarou que, além de fazer algo contra o preconceito, o projeto tem a oportunidade de mostrar as mulheres russas sem o clichê e sem as esperadas representações opressivas.
Elas se amam, são lindas, estão felizes e vivem um cotidiano harmônio, independente da preconceituosa lei.
Felizes na intimidade, Olga e Ulia dizem, por outro lado, que neste momento só querem viver. Kate e Nina lamentam que a extrema discrição da relação as fazem parecer bandidas. Já Victoria e Dasha afirmam que a sociedade ainda tem uma relação agressiva com a homossexualidade: “É principalmente por causa do governo, que está incentivando a homofobia e fazer pessoas LGBT ficarem muito vulnerável. Sua lei absurda sobre propaganda gay e transexual mostra que a discriminação é legalizada”.

Irina e Antonina / Victoria e Dasha 
Olga e Ulia
Kate e Nina / Tasha e Ksenia / Olgerta e Sabine
O medo, contudo, não as fizeram evitar exibir o rosto nas fotografias e revelar ao mundo o amor – apesar de, em público, elas terem a cautela de não darem beijos, abraços ou outras demonstrações de carinho.  Uma precaução para preservar a própria integridade física. Para Irina e Antonina, o futuro é de esperança: “Tudo o que queremos é manter nossa pequena família unida. Talvez, se tivermos sorte, um dia teremos filho”.

Delicada, sensível e ousada, “Da Rússia, com Amor” é mais um grito de liberdade. Confira abaixo outras matérias sobre a Rússia e a comunidade LGBT.

+ Gay russo revela com exclusividade a vida de LGBTs no país

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.