Pride Realidade

"Diante do ódio, disque 100", diz campanha com ativistas LGBT

Lésbicas, gays, bissexuais, travestis, mulheres transexuais e homens trans participaram da campanha “Nós, por exemplo”, do Grupo Gay da Bahia e com o apoio da Embaixada do Canadá no Brasil. A ideia é incentivar as denúncias contra a LGBTfobia e limar o preconceito.

Os militantes João Hugo, que é homem trans, e Milenna Passos, que é mulher trans, participam da campanha, reafirmam suas identidades de gênero e dão visibilidade a população trans que sofre com a transfobia em diversos espaços.

“Eu nunca vi uma campanha sobre LGBTfobia na Bahia com um homem trans. E é importante que as pessoas saibam que existimos, que se informem e combatam a transfobia. Fazemos parte de uma população que sofre muito com a violência e que em muitos momentos deixamos de denunciar. Mas nós precisamos denunciar, ocupar espaço e lutar contra a LGBTfobia para que um dia ela acabe”, declarou João Hugo ao NLUCON.

Circulando pelas redes sociais, publicidade em ônibus e em jornais, o material diz que a pessoa vítima de LGBTfobia se lembre de pedir ajuda ao Disque 100, que é ligado à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

Em entrevista ao Correio 24horas, o presidente do GGB Marcelo Cerqueira falou que o grupo também ajuda nas denúncias e acompanha vários casos de violência física, verbal e moral. Sobre a campanha, ele disse que a “ideia é colocar gente de verdade na campanha, a prioridade é colocar a cara de ativistas”.

Confira alguns cliques:

Assista: 
Anúncios

um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.