Realidade

Polícia identifica suspeito de atropelar e matar travesti, mas o libera por “falta de provas”

POR NLUCON

A Polícia Civil identificou o suspeito de atropelar e matar a travesti Natalia Pimentel, de 22 anos, em Várzea Grande, Cuiabá. Porém, após escutar o depoimento do rapaz nesta quarta-feira (26), ela o liberou por “falta de provas”.

O suspeito, cuja identidade não foi divulgada, foi identificado pela amiga da vítima, que presenciou o crime e que alegou ter decorado a placa do carro. Ela procurou a polícia depois que viu o carro entrando em uma oficina mecânica após o atropelamento.

Porém, os dados da placa não batiam com o do veículo, até que os policiais fizeram combinações com as letras da placa, mantendo os números, e identificaram o carro. Também há um vídeo em que mostra o momento em que Natalia é atingida. O dono do veículo foi localizado e conduzido até a delegacia. Pouco depois foi liberado por falta de provas.

O caso ocorreu no domingo (23), quando Natalia e uma amiga estavam trabalhando como profissionais do sexo. De acordo com relato, elas foram abordadas por um homem em um carro Gol, que queria fazer um programa por R$ 17,00. Como elas negaram, o rapaz esperou elas caminharem e atropelou Natalia, que estava de costas. Ele fugiu sem prestar socorro.

A vítima foi encaminhada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o Pronto Socorro de Várzea Grande. Ela recebeu os primeiros socorros e logo foi entubada. Nesta terça-feira, teve morte cerebral decretada pelos médicos. Eles desligaram os aparelhos 24h depois da constatação da morte.

O caso foi registrado como homicídio doloso, ou seja, quando o agressor teve a intenção de matar ou assumiu esse risco

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.