Saúde

Homem intersexual Joe Holliday revela drama de ter gênero escolhido equivocadamente por médicos


Por NLUCON

O britânico Joe Holliday, de 29 anos, contou o drama de ter o seu sexo e gênero escolhido por médicos logo no nascimento. Ele é intersexual – seu genitais eram dúbios e não se encaixavam nos padrões binários – e seus pais foram orientados a criá-lo como se fosse menina.

Inicialmente, o médico responsável pelo parto o classificou sendo do sexo masculino. Porém, após um ano, um especialista do Great Ormond Street Hospital, de Londres, sugeriu que a mãe o criasse como menina.

A justificativa é que seria “mais fácil” devido à ausência de um pênis desenvolvido. A mãe, então, o criou durante a infância, adolescência e parte da vida adulta como se fosse uma mulher. Porém, com o passar do tempo, ele passou a dizer que era um menino, sem saber de sua característica genética.

Ele sofreu com depressão, ansiedade, automutilação e tentativa de suicídio. Foi só aos 25 anos que ele descobriu que era intersexual e passou a viver com sua verdadeira identidade. Um prontuário médico antigo falava que ele possuía cromossomos XY, que seus testículos foram removidos quando tinha um ano e meio de idade, apesar de estarem saudáveis.

“Sinto que perdi uma parte enorme da minha vida. Foram 15 anos que passei deprimido, quase recluso a certa altura”, declarou.

O caso, que ocorre com cerca de 2% (1,7%) da população do mundo de acordo com a ONU, evidencia a falta de preparado da ala médica em garantir a saúde física, psíquica e social de qualidade para a pessoa intersexual. 

Ainda que não haja estudos, parte das pessoas intersexuais relatam não receber atendimento psicológico, não terem seus casos estudados antes de procedimentos e muitos passaram por cirurgias irreversíveis, que afetam diretamente as suas vidas. Relembre os relatos de pessoas intersexuais brasileiras escutadas pelo NLUCON clicando aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.