Realidade

Retrocesso: Enem não zera mais redação de quem desrespeita direitos humanos


Por NLUCON

O edital que determinava desde 2013 que o desrespeito aos direitos humanos zerava a nota da redação do ENEM foi suspensa pelo Tribunal Regional Federal-1 na última semana. Agora, o aluno que escrever algum trecho preconceituoso pode perder apenas 200 pontos dos 1000.

A avaliação do texto em relação aos direitos humanos fará parte de apenas uma das cinco competências avaliadas, que pedem desde domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa, compreender a proposta da redação até a construção da argumentação.

Na competência 5, cujo direitos humanos receberá o foco, o estudante deve “Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos”. Ela valerá 200 pontos.

Aliás, cada uma das competências deve ser avaliada com notas zero a 200 pontos (20%), somando mil pontos. Portanto quem escrever um texto com teor preconceituoso ou que infrinja os direitos humanos em algum momento poderá pontuar até 800 pontos ao invés dos mil pontos. 

O desembargador federal Carlos Moreira Alves, do TRF-1, argumentou que zerar a redação de quem infrinja os direitos humanos é “ofensa à garantia constitucional de liberdade de manifestação de pensamento e opinião” e a “ausência de um referencial objetivo no edital dos certames”.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), responsável pela prova, informou que ainda não foi notificado da decisão e, que caso isso ocorra, irá recorrer da decisão.

Em 2016, o tema da redação foi “Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil”. Foram anuladas redações que incitam ideais de violência, perseguição e preconceito com qualquer religião, filosofia, doutrina, seita, ou que propagam ideias para destruir vidas, imagens, roupas e objetos.

A prova será aplicada no dia 5 de novembro. Dá para pensar em estudantes indo para a universidade com o aval do machismo, racismo, preconceito religioso, homofobia, transfobia, dentre outras opressões que vão contra os direitos humanos?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.