Beleza Pop e Art

Modelo trans Paulo Vaz é o "Cara do Mês" em rede social gay e posa para ensaio sexy

Por Neto Lucon
Fotos: Leonardo Santos

O modelo, youtuber e designer Paulo Vaz, de 32 anos, tornou-se o primeiro homem trans a ser o Cara do Mês na rede social / app gay Hornet. O feito ocorreu no último mês e contou com um ensaio mega sensual do fotógrafo Leonardo Santos.

Paulo conversou com o NLUCON e contou que o convite partiu da indicação do amigo Thyago Santos – que é intérprete de Libras e apoiador da causa LGBT – à equipe do Hornet. Após verem seu perfil no Instagram e fotos que exalam beleza, ele foi convidado para posar para o aplicativo.

O modelo posou sem camisa, de cueca, sunga, exibindo o corpo malhado, as cicatrizes (que ele tem orgulho, pois lhe transmitem paz), demonstrando intimidade com a câmera e com a sensualidade. “Gostei bastante das fotos e dos bastidores do ensaio. O fotógrafo foi super perfeccionista, muito simpático e bonitão”, declara. 

Leonardo afirma que foi a primeira vez que clicou um modelo trans e diz: “Na hora de fotografar o Paulo só de cueca ou sunga veio logo uma curiosidade: ‘E aí, como será?’ Nada de anormal. Apenas um homem que tem um ‘brinquedinho’ diferente. Quando conhece alguém trans, seja homem ou mulher, não podemos esquecer que se trata de uma pessoa como qualquer outra”.

No site, juntamente com o ensaio, foram descritas algumas das características de Paulo: “Cara de voz mansa, tranquilo, que começou a curtir baladas eletrônicas há pouco tempo (…) É fã de futebol e faz parte dos Bharbixas, time que venceu a Ligay. É um cara super família, ligado aos pais, com quem morou em BH até vir para Sampa. Conhece o poder do seu olhar e sorriso”. Percebemos…


O fotógrafo classificou o resultado “sensacional” e entrega que está fazendo o maior sucesso com o público do site. “Além de lindo, Paulo tem uma energia e simpatia que encanta qualquer um. Posso dizer que é o tipo de modelo que qualquer fotógrafo adoraria clicar, pois praticamente não precisa ser dirigido”, disse.

Desde então, o modelo vem recebendo muitos elogios, além de pessoas querendo conversar sobre a temática trans. Ele afirma que não conseguiu responder todas as mensagens e que algumas delas chegaram em inglês, espanhol e árabe. Isso porque o aplicativo é internacional e também foi traduzido em outras línguas. 

Ele afirma que alguns foram transfóbicos, deslegitimando o homem que é, mas esses ele nem se importa, tampouco responde.

NÃO ME APEGUEI MAIS DEPOIS DA HORMONIZAÇÃO

Garoto do app, Paulo afirmou que está, sim, em pelo menos dois aplicativos de pegação. “Sou bem prático e deixo claro que sou trans no perfil. Não dou em cima de ninguém para evitar frustração. Então todos que encontrei estavam cientes. Alguns ficavam com receio no começo, mas depois fluía, não tem segredo”, declarou.

Dos encontros, ele afirma que alguns viraram amigos, outros bons amigos, alguns nunca mais viu e teve aqueles se tornaram “contatinhos”. “Um fato interessante é que coincidentemente ou não, depois do início da hormonização não consegui me apegar a ninguém”, conta.

Sobre outras transições, o modelo afirma que, depois de um tempo se relacionando apenas com mulheres, posteriormente com homens e mulheres, passou nos últimos anos a se definir como homem trans gay. “Eu poderia falar bi, mas sinto que cada vez mais pesa para o lado gay. Sim, digamos que passei por todas as letrinhas do LGBT”, conta com bom humor.

Ele ressalta que os meninos trans que estão tendo uma orientação sexual mais fluida também não devem se preocupar com a opinião dos outros. “Isso (reconhecer que são homens trans que sentem atração por homens) não vai fazê-los menos homens. É agonizante ter que ficar no armário de nome, então se joguem, taquem o foda-se e sejam felizes”, orienta.

OS PRÓXIMOS PASSOS


No último ano, o modelo chegou a posar para ensaios fotográficos, ressaltando a vontade de trabalhar como modelo. Os cliques de Lucas Ávila foram divulgados no NLUCON (lembra aqui), outro ensaio chegou a estampar o extinto site Ego.

Vale lembrar que ele também foi garoto propaganda da marca de roupas íntimas Ca.Ce.Te e seu ensaio foi um dos mais elogiados e curtidos (confere aqui também) 

Segundo Paulo, a carreira de modelo ainda segue de maneira amadora e paralelamente com outros trabalhos, bem como um canal no Youtube. Um próximo trabalho deve ser realizado com Leonardo, que convidou o modelo para um ensaio autoral. Curiosos?

Para quem ainda sonha com fotos do Paulo mostrando um pouco mais, ele avisa: “Só faço nudez na reestreia da GMagazine e com um bom cachê”. Contatem já a Ana Fadigas, please…

Confira outras fotos do ensaio: 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.