Eventos Pop e Art

Caravana trans irá assistir e apoiar jogo de vôlei com Tiffany Abreu nesta sexta-feira


Por Neto Lucon
Foto: Leo Martins

O jogo vôlei Nestlé/Osasco e Vôlei Bauru que vai acontecer nesta sexta-feira (02), às 19h30, contará com uma “caravana trans” para apoiar e assistir a atleta Tiffany Abreu jogar no Ginásio Esportivo José Liberatti, em Osasco, São Paulo.

Organizada pela escritora Amara Moira e apoiada pelo site NLUCON, a caravana surgiu para apoiar a atleta, que é mulher transexual, e vem sofrendo diversos ataques desde que conquistou o direito de jogar no time feminino.

“A Tiffany é mais do que a Tiffany. Ela é uma mensagem para a sociedade e o símbolo da força da comunidade trans. Ela poder jogar e ser reconhecida diz muito sobre o mundo que a gente luta para construir, um mundo do qual a gente faz parte e que a gente pode chamar de nosso. Quero ir ver a Tiffany jogar, quero ir torcer por ela, para que essa mensagem que ela traz seja cada vez mais forte, seja ouvida em cada vez mais lugares”, diz Amara ao NLUCON.

Desde que conquistou o direito de jogar na Superliga, aprovada pela FIVB (Federação Internacional de Voleibol) e a CBV (Confederação Brasileira de Voleibol) deram aval a partir de premissas criadas pelo COI (Comitê Olímpico Internacional), Tiffany vem tendo sua presença questionada. Muitas com conteúdo transfóbico, outras atestando uma preocupação com mulheres cis, dizendo que ela estaria tendo vantagens, sempre com o aval da mídia.

Amara aponta, por exemplo, que no jogo do Vôlei Bauru contra o Dentil Praia Clube que ocorreu na terça-feira (30), apesar de o time de Tiffany ter perdido por 3×2 todas as manchetes falavam do recorde de pontos que ela bateu: 39 numa partida única, contra 37 da Tandara. “O que ninguém abordou, no entanto, à exceção da matéria do Saída de Rede, é que a Tiffany foi também a jogadora disparadamente mais acionada da equipe, com 75 ataques (dos quais ela converteu 33, mais 6 pontos de bloqueio). Para efeitos de comparação, a segunda jogadora mais acionada, Yoana Palacios, recebeu 23 bolas”.

O Dentil Praia é o único invicto na competição, enquanto o Bauru – time de Tíffany, encontra-se em sétimo lugar. Vale dizer que grande parte das matérias ainda destaca o tweet transfóbico da Ana Paula Henkel, que diz que é um absurdo verem mulheres terem seus recordes quebrados por “homens biológicos”.

O ponto de encontro da caravana ocorre nas catracas do metrô Barra Funda, em São Paulo, às 17h30. A entrada é gratuita e os ingressos são liberados uma hora e meia antes do jogo, que está marcado para 19h30. Confirme sua presença no evento clicando aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.