Pop e Art

NLUCON lança campanha #ContrateDJsTrans e divulga lista com vários nomes; saiba

Por Neto Lucon

Festas, clubes e fervos voltados para a diversidade fazem parte da cultura LGBT desde os anos 60. Ainda hoje os espaços voltados para o segmento oferecem propósitos semelhantes: curtir, extravasar, dançar, beijar, flertar, dublar, performar e simplesmente Ser com extrema liberdade.

Algo extremamente importante para o sucesso é o som e um(a) DJ antenada(o) para fazer pista dançar, pular e permanecer. Porém, neste cenário dos DJS, a diversidade não é uma regra. Há um domínio dos DJs homens cis, que ocupam quase a totalidade das picapes de todas as festas, flyers e contratos.

Isso não quer dizer que não há DJs mulheres cis maravilhosas arrasando, tampouco que não há DJs mulheres trans ou travestis que marquem momentos, ou que não há homens trans capacitados para tal. Assim como em outras áreas, há falta de oportunidade e invisbilização mesmo. Fruto de uma sociedade estruturalmente machista.

Pensando nisso, o NLUCON lançou uma lista com diversos e diversas DJs Trans, para a campanha #ContrateDJsTrans. O objetivo é ressaltar esses talentos, possibilitar oportunidades, estimular novos profissionais, contratos e sobretudo acabar com a justificativa de muitos promoters: “Não contrato porque não temos DJs trans”. Temos, sim. E vamos divulgar um(a) a cada semana.

Abaixo, veja alguns nomes:

SÃO PAULO

Ledah Martins



Nome: Ledah Martins
Carreira: Tem 6 anos de carreira, pioneira no segmento e passou por quase todas as casas LGBT e friendly de SP.
Residente: Bofetada Club (SP), Club 88 (Campinas) e festa PopP0rn (na qual faz curadoria da pista pop). 
Som:
Comercial, toca pop, reb, black e twerk
Artistas que não faltam: Beyoncé, Rihanna e atualmente Anitta e Pabllo Vittar
Como contratar: Através das redes sociais: Ledah Martins no Facebook e @Ledahhb no Instagram, de lá direciono para o meu contato de e-mail, onde costumo fechar os trabalhos.
Escute: https://m.mixcloud.com/ledahbriacho/
“Gosto de fazer quem está na pista se sentir tão poderosx quanto a Beyoncé. Tem ritmos que transitam entre pop, rEb, black e twerk. E claro que não podem faltar ritmos como funk, raggaton e latinidades. Uma característica marcante são os graves fortes”, disse Ledah em entrevista. 



Vita Pereira


Nome: Vita Pereira
Carreira: Começou há dois anos tocando em todas as festas organizadas pela Coletiva Be, da Unesp de Araraquera – SP. Também mostra som em festas de repúblicas e outros espaços no interior de São Paulo.
Som: Calipso, forró, vogue, funk e dance hall
Artistas que não podem faltar: Linn da Quebrada, Danna Lisboa, MC Dellacroix, Alice Guél e Gloria Groove.
Onde contratar: pelo email : transvitta@outlook.com, Instagram: @travasystem ou Face: Vita Pereira.

“Não toco se não puder balançar a minha raba o tempo todo. Funk é necessário. Sem funk, sem Vita”, declara em entrevista.

RIO DE JANEIRO

Leoni Albuquerque


Nome: Leoni Albuquerque
Carreira: Começou como voluntário nas festas da Casa Nem, logo tornou-se residente. Com som que mantém o público na pista, foi convidado para tocar em outros espaços.
Residente: Casa Nem e dos projetos Neon Party e na Colorful Bird
Som: Autêntico, muito louco, com música eletrônica, pop, funk, hip hop…
Artistas que dispensa: Aqueles que promovem machismo, transfobia e outros preconceitos.
Como contratar: Por meio das redes sociais, no Facebook (aqui) e no Instagram @djleonialbuquerque

“Quero que meu público se sinta confortável na pista, que brinque, que dance, que esqueça de todos os problemas lá de fora. E que aquele momento seja único para eles”, diz ele em entrevista.


PERNAMBUCO

V.I.C.K.


Nome: Victório Leão (V.I.C.K)
Carreira: Sempre gostou de música, teve banda e há quatro anos se profissionalizou na carreira de DJ por meio de cursos, estudos e pesquisas.
Som: Depp House, House, Techouse, Techno e Brasilian Bass.
Residente: Já tocou no Clube Metrópole, Ursa Bar, Maracaípe Beach e festas LGBT.
Como contratar: Por meio das redes sociais. No Facebook com o perfil Victório Leão (Vick), e no Instagram, @djvickleao.
Escute:  https://www.mixcloud.com/vict%C3%B3rio-le%C3%A3o/ e https://soundcloud.com/vickleao

“O que não pode falar em meu set são músicas que te levem para onde sua mente quiser. Muito low bpm“, declarou em entrevista.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.