Pop e Art

Universidade feminina de Tóquio será a 1ª do Japão a aceitar alunas trans


Por NLUCON

A Ochanomizu, universidade voltada para mulheres em Tóquio, passará a aceitar e a respeitar pela primeira vez na história do Japão que mulheres trans sejam alunas da instituição de ensino superior. A universidade foi fundada em 1875 e foi a primeira para mulheres.

A mudança, que foi anunciada pelo Ministério da Educação, é uma conquista no país, que até então não reconhece legalmente os direitos da população trans. Segundo assim, a pessoa trans será aceita devido à sua identidade de gênero, não à documentação.

Até então a Ochanomizu e todas as demais universidades autorizavam apenas que mulheres cis (mulheres que foram designadas como mulheres ao nascer e que se reconhecem como tal) se inscrevessem. A mudança ocorrerá a partir de 2020.

Segundo a agência Efe, ainda que o Japão seja resistente em reconhecer a população LGBT, algumas universidades, como a Tsuda e Universidade Para Mulheres do Japão, ambas de Tóquio, cogitam mudas as regras para acolher a estudantes LGBT.

A intenção é seguir os passos dos centros norte-americanos femininos, bem como o Mills College, em Oakland, na Califórnia. Em 2014, ele foi o primeiro a aceitar estudantes trans nos Estados Unidos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.