Pop e Art Realidade Uncategorized

Modelo trans Amanda Lepore é apagada da capa do álbum de Travis Scotti e fãs apontam transfobia

amanda-lepore

O rapper norte-americano Travis Scott foi acusado de transfobia ao divulgar a capa do álbum Astroworld, lançado na sexta-feira (03). Tudo porque ele usou uma foto de David LaChapelle e, nela, a icônica modelo transexual Amanda Lepore foi apagada da imagem.

Retirar Amanda da foto foi a única mudança visível na foto. Ela não foi cortada, ela simplesmente foi apagada. A própria modelo questionou em seu Instagram: “Foi ótimo fazer parte da incrível foto de David LaChapelle na capa de Travis Scott, mas estou curiosa para saber porque não estou na foto postada?”.

Muita gente também questionou o corte. “Oi transfobia. Acabei de te ver”, escreveu a famosa drag queen Aquaria.  “Talvez não seja transfobia imediata, mas a exclusão específica do corpo trans ainda é transfóbico. Principalmente se você acha que as pessoas não vão comprar seu álbum porque Amanda está na capa com uma aparência impecável como sempre”, escreveu outro.

Outros posts refletiram: “Eu amo o Travis Scott,sei que ele provavelmente fez isso por causa de sua base de fãs homofóbica e transfóbica. Ele provavelmente percebeu que as pessoas iriam investigar e encontrar Amanda e trazer a discussão à tona. Estou tão enojado por ele fazer isso”. E: “Não é profissional editar o trabalho artístico de alguém assim por causa de suas visões transfóbicas”.

Y2MzMzgzYzM3NCMveUFaXzNDSVVrZUJDZEJnaF90NENqM2F6OGRnPS8weDA6MTkyMHgxMDgwLzgwMHg0NTAvZmlsdGVyczpmb3JtYXQoanBlZyk6cXVhbGl0eSg4MCkvaHR0cHM6Ly9zMy5hbWF6b25hd3MuY29tL3BvbGljeW1pYy1pbWFnZXMvc2
Foto postada pelo rapper e foto original

Diante da polêmica, o rapper disse que já recebeu a foto sem Amanda e que não sabia que ela estava presente. Já o fotógrafo tentou minimizar a polêmica, dizendo que Amanda estava roubando a cena, ofuscou todos da imagem, e garantiu que não se trata de nenhuma fobia. “Esse é um caso de outra coisa que não consegui controlar. Não tem relação com odiar”, disse.

Amanda preferiu não aprofundar mais e focou na desculpa do amigo fotógrafo: “Uma garota não pode evitar. É muita distração para os olhos. Ofusquei todo mundo na fotografia”. Ela também disse que amava David LaChapelle por ser o primeiro artista a fotografá-la diversas vezes em ensaios de sucesso que percorreram museus em todo o mundo. “Ele é um amigo próximo e definitivamente não é transfóbico”, ”garantiu.

Vale dizer que o rapper é namorado de Kylie Jenner, uma das filhas de Caitlyn Jenner – ex-atleta olímpica e empresária que revelou ao mundo que é uma mulher transexual em 2015.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.