Beleza Destaque Entrevista Pop e Art Uncategorized

Miss Bumbum Giovanna Spinella fala sobre transfobia, CRS e política: “Jamais apoiaria Bolsonaro”

giovanna spinella 4

A modelo Giovanna Spinella vem se dedicando ao máximo aos exercícios de glúteos. Ela quer fazer bonito no último ano do badalado e controverso Miss Bumbum 2018, concurso que participa ao lado de 27 mulheres, representa o Rio Grande do Norte e a diversidade.

Giovanna é a segunda mulher transexual anunciada como miss nesta edição (outra é a Paula Oliveira, que recentemente se envolveu em uma polêmica por apoiar a candidatura de Jair Bolsonaro – veja aqui) e a terceira de todo o concurso (Amanda Sampaio estreou em 2012).

Muito mais como a exibição de seu derrière – que não é o maior, mas que chama atenção, segundo ela – a modelo encara o concurso como a possibilidade de jogar luz nas questões envolvendo diversidade, direitos das mulheres trans, além da oportunidade de mostrar o seu talento na música.

Tanto que em entrevista exclusiva ao NLUCON ela mostra estar afinada para as perguntas e respostas. Fala sobre a decisão de participar de um concurso que avalia o bumbum, os tratamentos estéticos que tem levado muitas mulheres (cis e trans) à morte, a decisão das candidatas em apoiarem Bolsonaro e os bastidores do concurso. Confira:

– O que te motivou a se candidatar ao concurso Miss Bumbum?

Foi o fato de saber que tinham aberto as portas para a diversidade e a inclusão de mulheres transgêneras, assim como as modelos plus size. Isso me motivou, pois sempre quis representar o público LGBT em algum momento. Tenho muito orgulho de ser uma mulher trans, de fazer parte dessa comunidade, então achei que era uma forma de mostrar para todos que somos capazes e somos iguais.

– Há quem diga que o concurso é machista e objetificador, uma vez que foca em uma parte do corpo da mulher e não na mulher como um todo. O que pensa sobre isso?

Acho válida a avaliação do bumbum em um concurso. Brasileira tem o bumbum bonito mesmo e, como há concursos de várias categorias, não vejo problemas de existir um que fale de bumbum. Penso que participar de algo específico não muda o caráter da mulher e nem diminui a mulher que somos em nenhum aspecto. Até porque é uma oportunidade de a gente falar, como agora.

– Você sempre chamou atenção pelo bumbum?

Não tenho o maior bumbum do concurso, mas sempre disseram que ele chamava bastante atenção. Após entrar para o concurso comecei a me dedicar mais aos treinos na academia, acompanhado sempre de uma boa dieta e muita dedicação.

giovanna spinella 3

– Atualmente, temos alguns profissionais de beleza sendo condenados na Justiça por aplicarem produtos no bumbum de pacientes e algumas serem levadas à morte. Você já teve acesso a esse tipo de “tratamento”?

Não quero que as pessoas deixem de buscar melhorias estéticas, mas também preciso dizer que com a saúde não se brinca. Já chegaram a comentar comigo sobre esse tipo de tratamento, mas sempre pensei que precisamos nos informar muito antes de realizar qualquer procedimento que venha modificar o nosso corpo. É preciso procurar um local realmente adequado e seguro. Existem excelentes profissionais neste sentido, mas é preciso se informar muito antes para não cair em mãos erradas.

– O que você já fez no seu corpo de tratamentos estéticos e cirurgias?

Passei por muitos acompanhamentos médicos por vários anos. Foram muitos profissionais envolvidos, inclusive endocrinologistas e psicólogos. A cirurgia mais importante para mim foi a CRS (cirurgia de redesignação sexual, popularmente conhecida como mudança de sexo). Foi uma grande luta burocrática, com vários laudos, até chegar o dia mais desejado.

– Como está depois da CRS?

Basicamente foi a cirurgia que me trouxe uma grande realização pessoal. Ela possibilitou me encontrar comigo mesma. Lembro como se fosse hoje quando pude usar um biquíni pela primeira vez sem medos ou vergonha: uma sensação de liberdade única e maravilhosa. E a originalidade é incrível em todos os sentidos. Mas obviamente, estou falando de uma necessidade minha, o que não vale para outras pessoas.

– Rolou uma polêmica com outra candidata do Miss Bumbum, que também é uma mulher trans, que teria apoiado o Bolsonaro e depois se arrependido. Você sequer chegou a participar daquela torcida pró-Bolsonaro, né?

Eu não apoio de maneira alguma uma pessoa que venha contra a comunidade LGBT. Até hoje sofremos com preconceitos e um grande ódio desnecessário. Acho injusto termos que demonstrar com lutas e manifestações o que deveria ser entregue de graça, pois o mínimo que nós, enquanto seres humanos, deveríamos ter é o respeito de igual para igual.

– Como está sendo a convivências com as demais candidatas cis do concurso? Em outras edições, rolou transfobia…

Como todo e qualquer lugar temos sempre pessoas bacanas e aquelas que talvez não nos compreendam tão bem. De início, pelo fato de não nos conhecerem e talvez terem uma ideia distorcida a nosso respeito, não tínhamos tanta intimidade. Mas com o tempo nos tornamos grandes amigas e em breve estarei gravando um vídeo clipe com minha primeira música com todas elas.

– Você é cantora?

Sempre tive contato com a música desde a adolescência, comecei tocando flauta em um coral onde viajava bastante. Porém só agora resolvi criar coragem de ir em frente como cantora pop/funk. Desde pequena tive uma grande admiração pela Britney Spears e agora me encanto com a Anitta. Será minha primeira experiência e espero muito ter uma boa aceitação do público.

– Já temos alguma música para divulgar?

A música está praticamente pronta, faltam alguns pequenos detalhes para ajustar. Acredito que nesta semana ela já esteja finalizada. Quando estiver pronta, mando para vocês.

– Qual é a expectativa para o concurso?

Minha expectativa para o concurso é poder representar o público LGBT. Estar no concurso para mim já está sendo uma grande vitória, pois tudo o que consegui na vida veio com muita luta, determinação e, claro, muita humildade. Gostaria de pedir o apoio de todos e dizer que os votos em mim, a partir do dia 6 de agosto, são fundamentais para me ajudar na classificação para a final em novembro.

Vote aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.