Destaque Realidade Uncategorized

Homem trans receberá indenização de barbeiro que se negou a cortar seu cabelo por transfobia

Lee McLoughlin
Lee McLoughlin: “Sinto que a justiça foi feita”

Um homem trans ganhou na Justiça uma indenização por danos morais de um barbeiro que se negou a cortar o cabelo e fazer sua barba por transfobia. O caso ocorreu em Dublin, na Irlanda, e o barbeiro deverá pagar 5 mil euros (cerca de 20 mil reais).

Segundo o jornal Independent, Lee McLoughlin se dirigiu a uma barbearia da cidade para fazer um corte e a barba. Ele aguardou por 25 minutos, até que escutou do barbeiro: “Não corto cabelo de mulheres”.

Lee respirou fundo, tentou explicar que é um homem trans e que gostaria de ter sua identidade de gênero respeitada. Mas o barbeiro continuou negando a atendê-lo. “Me desculpe, não corto cabelos feminino. Procure outro salão”.

O jovem afirmou que se sentiu humilhado e que, ao sair do salão, resolveu procurar os seus direitos.”Eu avisei a ele que sou trans, não consegui acreditar que estava passando por isso”, disse. Com a ajuda de um amigo que tem um escritório de direito, ele entrou com uma ação contra a barbearia e venceu.

Prestes a receber a indenização, ele afirma que a vitória não é só sua, mas de todas as pessoas trans. “Sinto que a justiça foi feita. Decisões como esta são importantes para servirem de exemplo a muitos profissionais por aí e pra que pessoas trans deixem de ser tão discriminadas”, declarou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.