Pop e Art Uncategorized

Kiara Felippe estrela novo clipe do Rouge e ressalta importância da representatividade trans

kiara1
Kiara no clipe “Dona da Minha Vida”, do Grupo Rouge (Foto Rodolfo Magalhães)

A atriz Kiara Felippe levou toda sua representatividade trans para o mais novo clipe do grupo Rouge, Dona da Minha Vida, com direção dOs Primos. Com mais de 3 milhões de visualizações, a obra agradou o público e fala sobre o empoderamento feminino.

Segundo Kiara, que também trabalha como modelo, cantora e DJ, a participação ocorreu após enviar seu material para a produção de elenco e ser aprovada. Ela afirma que a experiência foi incrível, pois se trata de um grupo que ultrapassou gerações.

“Sou de 95, então peguei todo o ápice da carreira delas e sou fã. Até hoje toco Ragatanga (a música mais conhecida do grupo e hino dos anos 2000) nas festas e geral faz a coreografia. Independentemente da festa ou do público, sempre acontece isso”, diz a artista ao NLUCON.

Conhecida por ser residente da festa Batekoo, em São Paulo, Kiara conta que muita gente a reconheceu e que a parabenizou logo após o lançamento do clipe. Para ela, o importante foi que o grupo se atentou para abrir espaço de coadjuvante para uma pessoa trans.

“O resultado ficou maravilhoso. Além da direção e da música, é preciso ressaltar que o casting fo feito por uma mana preta maravilhosa, a Aisha Mbikila, que chamou corpos pretos, corpos gordos, corpos trans… Então como a música falava de mulheridade, foi muito importante esse olhar de mostrar que somos mulheres plurais e que as pessoas consigam se ver representadas”, contou.

kiara3
Kiara Felippe no clipe “Dona da Minha Vida”, do Rouge

SER MULHER TRANS FECHA (E ABRE!) PORTAS

Kiara afirma que desde criança demonstrou ter afinidade com a arte e que iniciou a carreira ainda na infância, fazendo parte de um coral. Ao mesmo tempo em que se percebia e se entendia mulher – e não menino, como foi designada ao nascer – o talento também passava a ser externalizado.

Ela conta que se inspirava em uma travesti que fez parte de sua vida e em todas as mulheres que a atravessaram. Lembra também que seus olhos brilhavam ao ver a modelo Roberta Close, mulher transexual e ícone de beleza dos anos 80 e 90, na imprensa brasileira, e que pensava que um dia poderia chegar lá.

Aos 23 anos, Kiara está dando passos em prol dos seus sonhos e descobrindo seus talentos, sejam eles na carreira de DJ, atriz ou modelo. Ela diz que o mercado artístico apresenta mais dificuldades e filtros para quem é mulher, negra e trans. Porém acredita que, se por um lado suas características possam fechar portas, por outro elas podem (e tem) aberto outras.

“Ser quem eu sou tem sido meu diferencial. Os trabalhos acabam acontecendo porque eu sou quem eu sou, porque as pessoas querem essa representatividade, esse corpo para dizer que está compactuando com a política positiva de contratar uma pessoa trans”, reflete, ressaltando a importância da representatividade trans.

CONFIRA GALERIA COM ALGUNS TRABALHOS:

Este slideshow necessita de JavaScript.

ATRIZ, MODELO E… CANTORA!

Dentre os trabalhos mais conhecidos como atriz, está uma participação no filme “Corpo Elétrico, de Marcelo Caetano, no curta A Minha Mentira O Teu Abandono, de Frico Guimarães. Além dos clipes “Mulher” de Linn da Quebrada, “Lesbigay”, de Aíla, “Guerreiros e Guerreiras”, de Lucas Boombeat.

Enquanto modelo, desfilou para Isaac Silva numa coleção que homenageava Xica Manicongo, travesti negra cujo registro histórico é de 1951, na Casa de Criadores. Também participou do casting bafônico de Ronaldo Fraga no desfile-manifesto do São Paulo Fashion Week em 2016. Ela também esteve em campanha da Lupo, Ministério da Saúde e posou para diversos ensaios fotográficos.

“Não tenho preferência (em ser modelo, atriz ou DJ). Às vezes, cada área começa a acentuar mais, às vezes é mais trampo de DJ e outras de modelo. Mas eu gosto de tudo. Enquanto não me achar especificamente, vou gostando e fazer tudo na mesma proporção”, afirma.

Tanto é que ela acaba de se inserir em um projeto musical como cantora e se prepara para lançar a sua primeira música autoral. “Essa semana estarei no Festival da Diversidade da Bahia e vou fazer um pocket show já com minha música. Agora pretendo conseguir patrocínio e parcerias para fazer o clipe e assim me lançar como cantora de vez”, conta.

Com beleza, simpatia e talento sem limites, Kiara mostra que é dona da própria vida e que tem tudo para conquistar o mundo!

Assista ao clipe:

Anúncios

um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.