Pop e Art Pride Uncategorized

Jordhan Lessa lança livreto “Quem Somos?” e explica vivências trans e travestis

jordhan2

O escritor Jordhan Lessa – autor do livro “Eu Trans, relatos de um transexual” – lançou recentemente sua mais nova obra: “Quem Somos?”. Trata-se de um livreto independente que visa informar, sensibilizar e desmistificar as identidades formadas por travestis, mulheres e homens trans e contribuir para o fim da transfobia.

O livreto atua como primeiros passos para quem começa a entender as vidas e vivências de pessoas trans. Ele explica de maneira leve e de fácil entendimento o que é orientação sexual e identidade de gênero, o que é uma pessoa cisgênero e uma pessoa transgênero, além de falar sobre as vivências trans no Brasil.

Segundo Jordhan, a ideia da nova obra surgiu depois de perceber que, mesmo após palestras, muita gente ainda ficavam com muitas dúvidas. “Elas me paravam e perguntavam: ‘o que é uma pessoa trans, mesmo?”. Então pensei que precisávamos de um material que não fosse uma cartilha, mas que fosse uma leitura rápida e que conseguisse alcançar o coração da pessoa. Não de forma didática, mas pela sensibilidade”.

Ao fim, Jordhan traça um perfil de como é a trajetória de uma pessoa trans e evidência a transfobia que assola muitas vidas. “Falo da violência, dos assassinatos, desse absurdo que acontece. Porque as nossas histórias meio que se misturam. A gente passa por situações na escola, na família, com as pessoas dizendo que somos uma coisa que não temos a menor ideia do que é, de sermos desacreditados quando denunciamos algo grave… É como se deixássemos de ser humanos passássemos a ser sub-humanos só porque não condizemos com o que esperam da gente”.

O livreto é realizado de maneira independente e pode ser adquirido em formato de PDF pelo site: www.jolessa.com.br/quemsomos. O valor é de 14,90.

Assista o bate-papo sobre o livro:

Vale dizer que o livro “Eu Trans – Relatos de um transexual” – está em sua segunda edição e conta algumas mudanças. “Eu reescrevi alguns trechos e agora ele conta com algumas fotos trocadas e outras declarações. Mas a história é a mesma: as minhas origens até 2013, o ano em que me reconheço como trans”, diz Jordhan. Dentre as passagens marcantes está a experiência como criança em situação de rua, violência sexual aos 16 anos, tentativa de “cura” LGBT e muita resistência e superação até se entender homem trans. “Eu poderia ter desistido no meio do caminho, como tentei por três vezes, mas é uma história que alguém que deu certo, pois se eu cheguei até aqui é porque deu certo”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.