Pride Realidade Uncategorized

Eleitoras trans, travestis e n/b dizem por que vão votar em Guilherme Boulos

guilherme_boulos11_mtst

O historiador e professor Guilherme Boulos, 36 anos, é o candidato do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) à Presidente da República nas eleições que ocorrem no domingo (08) em todo o Brasil. A vice é Sônia Guajajara, primeira liderança indígena a concorrer o pleito presidencial.

Em sua campanha, debates e entrevistas, Boulos mostrou a veia ativista ao tocar em feridas (“Ao contrário do que a Globo diz, agro não é pop, agro é tóxico”), expor problemas (“não queremos a volta da ditadura”) e questionar a oposição de seus adversários, a quem apelidou de “50 tons de Temer”.

Ganhou a simpatia de diversas pessoas LGBT, sobretudo travestis, mulheres e homens trans, ao defender o debate sobre gênero e respeito a diversidade nas escolas, assinar a plataforma LGBTI+ Eleições 2018, além de não se deixar intimidar ao defender causas como a descriminalização das drogas e a legalização do aborto.

Nas redes sociais, é possível ver muita gente apoiando seus discursos. Porém, enquanto algumas pessoas assumem seu voto no candidato, outras dizem que até votariam nele caso as eleições não estivessem tão polarizadas em dois candidatos: Bolsonaro e Haddad. Ele chegou a ter 1% dos votos durante a campanha e, na última pesquisa do Datafolha, não pontuou.

Confira o discurso de quem votará em Boulos:

Carolina Carolino Almeida
Formada em moda, militante e coordenadora municipal de Campinas Grande pela Aliança Nacional LGBTI

Carolina

– Por que você votará em Guilherme Boulos?

Me simpatizei com ele desde quando o vi na Roda Viva, na TV Cultura. Escutei as propostas dele e achei muito interessantes, inclusive gostei dele querer consultar o povo nos projetos de lei que os senadores e deputados criam. Ele tem propostas muito boas, é um cara extremamente articulado, um professor de filosofia, do movimento dos trabalhadores, sem teto, com história na militância no movimento social, então tudo isso me chama atenção nele.

– Algumas pessoas dizem que votar nele seria desperdiçar voto, uma vez que ele muitas vezes nem pontua nas pesquisas. O que pensa sobre isso?

Realmente dizem que votar nele é desperdiçar voto. Eu mesma já pensei nessa questão, mas daí entendo que a gente tem que votar neste primeiro turno naquele candidato que a gente mais simpatiza. Então não acho que seja desperdiçar voto, pois é o candidato que eu realmente acredito. Agora no segundo turno, eu posso repensar o meu voto. Só não voto em Bolsonaro.

– Quais são os projetos dele que tenha chamado a sua atenção? Acha que ele contribuirá para a causa trans e travesti?

O que eu mais gosto é a bandeira de descriminalização das drogas, descriminalização do aborto, política para diversidade sexual. E o fato dele não mudar o discurso para tentar agradar alguma parte conservadora.  Cheguei a ir em uma palestra dele na Universidade Federal de Campina Grande – aliás, a mãe dele é daqui –  e ele traz propostas envolvendo a diversidade sexual e de gênero. Ele foi enfático na Universidade sobre a importância para a empregabilidade para as travestis e transexuais. Então é por tudo isso que ele me chama atenção e fez ele ganhar o meu voto.


Maria Daniela Mendonça
Engenheira Agrônoma; Secretária executiva da AMAS/LGBT; Funcionária pública; Filiada à AMOTRANS, RENFA, Aliança Nacional LGBTQI+; Mamãe trans e TransLésbica

maria j

– Por que vai votar em Boulos?

Voto em Boulos pelo seguinte: É um dos três únicos que firmaram compromisso com a população LGBTQI; Apresenta propostas para uma nova política de drogas, pautada na redução de danos e não no proibicionismo e encarceramento; É ativista de Movimentos sociais; Não fecha com capitalista e os grandes grupos econômicos; Apresenta diversas propostas voltadas às minorias e à população de baixa renda.

– O que tem achado da campanha dele?

Tenho gostado da campanha dele como um todo. Acredito que, por lutar pelos segmentos mais vulnerabilizados e ter origem nos movimentos sociais, não deixará de apoiar as causas trans. Quando lançaram a candidatura dele, fiquei um pouco frustrada pois sei que devido a sua trajetória, ele não teria uma votação expressiva. Queria o Freixo. Mas enfim, veio ele, então apoio e voto nele!!!BOULOS 50!!!

– Num momento #EleNão, por que investir em um candidato com 0% das intenções de voto?

É bem provável que ninguém ganhe no primeiro turno. Sendo assim, fico confortável em votar num candidato em que acredito, e não apenas por combate ao coiso. Assim fortalecemos a legenda (PSOL) e o candidato, sem deixar de focar no #eleNÃO no segundo turno.


Francine Iunes Abdalla Maihub Opitz
Estudante de jornalismo

Francine

– Você declarou que votará em Boulos. Por quê?

As propostas de governo apresentada por ele foram as mais atraentes para mim. Penso que ele se mostrou disposto a combater privilégios das elites, coisa que nem o PT teve coragem de mexer. É desse tipo de reforma política e tributária que o Brasil precisa. Para mim, votar nele é dar visibilidade eleitoral a ele.

– Acha que ele traria benefícios para a população trans e travesti?

O PSOL tem decepcionado a comunidade trans , por causa da polêmica da candidatura da Indianare Siqueira (lembre aqui). Mas ontem ele disse no debate que está disposto a debater gênero e diversidade sem tabu nas escolas. Acredito que isso ajudará a conscientizar a população sobre a transfobia e inclusão . E acredito que sendo do partido de Jean Wyllys , Boulos poderá ajudar a aprovar a Lei João W Nery PL 5002/2013.


Cairo Braga
Musicista e radialista

Cairo

– Por que escolheu Boulos como o seu presidente do Brasil?

Pois foi o melhor e mais completo plano de governo das candidaturas possíveis, a co-presidenta na chapa é uma mulher indígena de luta, foi a primeira candidatura a assinar o Termo de Compromisso proposto pela Aliança Nacional LGBTI e porque me identifico com a ideologia dorsal do PSOL, o socialismo.

– Algumas pessoas dizem que votar nele seria desperdiçar voto, uma vez que ele muitas vezes nem pontua nas pesquisas. O que pensa sobre isso?

Eu penso que esse tipo de lógica beira a anti-democracia e é como um terrorismo psicológico, como se alguém que fosse votar conscientemente em algum candidato que não está bem colocado nas “pesquisas de intenção de voto” fosse ser culpado caso algo ruim acontecesse (nesse caso, uma vitória do Coiso). Estatística não é realidade material nem social e o direito do voto consciente sob decisão própria é lei. Só desperdiça voto quem, literalmente, não vota em ninguém, pois o sistema eleitoral brasileiro simplesmente não prevê e não comporta a lenda do “voto de protesto”.

– O que mais tem gostado da campanha e propostas dele?

Definitivamente a clareza histórica que fundamentam os discursos e propostas, tanto do passado quanto do presente que vislumbra um futuro imediato que é desesperançoso, mas que pode ser transformado. E com isso vem a completude do plano de governo que a candidatura dele apresenta. Outra característica da campanha definitivamente é o fato de que Sonia Guajajara é colocada numa posição de co-presidenta ao invés de apenas vice e é co-autora do plano de governo.

– Acredita que ele vai ajudar a população trans e travesti? Por qual motivo?

Acredito, pois isso está muito bem explicado e desenvolvido no plano de governo da candidatura, que tem um capítulo substancial sobre a população LGBTQI+, com atenção especial às questões de vulnerabilidade da nossa população trans e travesti. Além disso, no Termo de Compromisso da Aliança LGBTI, a candidatura se comprometeu a incluir propostas que se relacionam às necessidades e demandas, sociais e legais, das pessoas não-binárias, que é um tema que ainda está fora do radar do próprio movimento de superfície LGBTQI+ no Brasil e que precisa ser levado a frente junto com as pautas das pessoas trans e travestis binárias, no que se refere à garantia de cidadania e respeito de indivíduos e identidades, além é claro de questões relacionadas ao acesso à saúde integral.


Denise Liora Fernandes
Professora de Física.

Denise

– Por que o Boulos?

A minha escolha pelo candidato a presidência o Guilherme Boulos, porque ele tem a atitude de aumentar os impostos dos donos de empresas e tirar privilégios; É único candidato que, sendo professor universitário com formação numa universidade pública, não se afasta da população e não cria uma falsa imagem populista, além de ser ficha limpa. Também voltando para a minha pessoa e todas pessoas transgêneras, ele defende a melhoria na saúde da população transexual e da população intersexo e na defesa e proteção das pessoas trans desde a infância até a vida adulta.

– O que mais tem gostado da campanha dele?

É ele ser um lutador persistente, não apenas em ideias, mas em ações. E ações que são do íntimo de quem quer a Justiça Social para o país, sem brigas e sem estar indiretamente ligado com alguém que tenha dado o golpe de estado no país. Ele também não finge estar com indígenas (como é a vice-presidente dele) e nem com as pessoas trans para descartar depois da campanha dele. Ele é honesto e integro quando fala o que pensa daqueles que apenas falam de estatística na política. A campanha do Guilherme Boulos é totalmente limpa e humana.

– Acha que ele vai ajudar de fato a população trans?

Acredito vai ajudar, porque se for eleito presidente vai tentar impedir o retrocesso da bancada evangélica e defender o debate sobre gênero nas escolas. Ele cumprirá o que fala a respeito da humanização das pessoas trans e das travestis nas escolas e nas universidades e nas empresas. Como eu disse, ele terá atitude de melhorar a saúde de pessoas transexuais e para que não exista mais evasão escolar de pessoas trans e travesti e muito menos a prostituição compulsória destas pessoas.  É o único que defende a humanização e o correto tratamento desde a infância para pessoas intersexos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.