Pride Uncategorized

João W. Nery recebe homenagem póstuma do IBRAT, ANTRA, ABGLT e GADvS

7a824-joao2bnery2bparada
João W Nery morreu na sexta-feira (26) após batalha contra o câncer

O psicólogo, escritor e militante trans João W. Nery (1950-2018) recebeu uma homenagem póstuma de algumas das maiores organizações LGBTs do Brasil: o IBRAT – Instituto Brasileiro de Transmasculinidades, a ANTRA – Associação Nacional de Travestis e Transexuais, a ABGLT – Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexos e o GADVs – Grupo de Advogados pela Diversidade Sexual e de Gênero

Em conjunto, elas escreveram um texto lamentando a morte, que ocorreu na última sexta-feira (26), após uma batalha do militante contra o câncer, no Rio de Janeiro, reconhecendo a luta histórica de João na conquista dos direitos, da dignidade e da representatividade das pessoas trans.

“O nome João W. Nery se tornou sinônimo de uma luta e de toda uma comunidade que, se hoje se organiza para reivindicar seus direitos, deve muito reconhecimento à sua coragem e bravura. Em uma época em que pouco – ou nada – se falava sobre a existência de pessoas transgênero, sobretudo sobre homens trans, João teve a valentia de ousar ser quem é”, diz o texto. |

Elas destacaram que João teve importância na criação do IBRAT, uma das mais importantes redes de homens trans e transmasculinos, que esteve na formação do instituto e que compôs o corpo do Conselho Nacional, além de estar no 1º ENAHT- Primeiro Encontro Nacional de Homens Trans. Sendo assim, “é imensurável o valor” que João tem “para o movimento e para os homens trans e transmasculinos”, sendo abordado como “o homem trans que salvou nossas vidas da loucura, que não tendo preço quando através dele, vivemos quem realmente somos”.

Com as mudanças e a transgeneridade tendo conquistado espaço nas pautas públicas e na mídia, João atuou “como um verdadeiro farol para homens trans ao redor do país”. “Por ter compartilhado sua história conosco na obra “Viagem Solitária”, por sua articulação nas redes sociais e nos grupos de apoio, por seu engajamento político e ativismo, João deve ser homenageado e lembrado como alguém não apenas a frente do seu tempo, mas consciente dele e dos desafios que ainda precisam ser superados”.

As entidades destacam que ele foi escolhido para nomear a o projeto de lei 5002/2013, a Lei de Identidade de gênero. E que foi inspiração da autora Gloria Perez para criar o personagem Ivan na novela A Força do Querer” – o primeiro personagem homem trans da teledramaturgia brasileira – “em uma perspectiva respeitosa e digna, tratando com sensibilidade e honestidade a masculinidade trans e visibilizando a questão em tantos lares brasileiros”.

“Querido João, vibramos para que neste momento sua consciência encontre a paz. Torcemos para que tenha vivido seus últimos dias tranquilo e torcemos para que tenha sentido nosso sincero agradecimento e acolhido a sensação de dever cumprido – sensação que a história só reserva para aqueles que têm a coragem de transformá-la. Seus princípios, sua irmandade e seu zelo com o próximo frutificarão como seu legado para aqueles que aqui continuarem sua caminhada”, finalizam.

Vale dizer que João também chegou a receber diversas homenagens de militantes e ativistas trans (confira aqui), amigos e familiares e de políticos (veja aqui).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.