Cozinheira trans Lorhany Kalarhary é assassinada a facadas dentro de casa no MT; suspeito é preso

20769951_1425937737526214_6398666167901700905_n

A cozinheira Lorhany Kalarhary, mulher transexual de 29 anos, foi assassinada a facadas na última segunda-feira (29). Ela foi encontrada por sua mãe no quarto da casa onde ela morava no bairro Setor F, em Querência, a 912km de Cuiabá.

A Polícia Civil informa que a vítima estava nua, já sem vida e com pelo menos nove perfurações em todo corpo (cinco facadas no pescoço, duas no tórax, uma no peito e outra nas costas). No local, foi feito a perícia por meio da equipe oficial da Politec de Água Boa.

O principal suspeito é o homem cis Samuel Almeida Matos, de 19 anos. Ele foi preso na terça-feira (30), após ser localizado escondido em uma casa na cidade. Ele admitiu o crime para a polícia, dizendo que teria sido “enganado pela vítima” e que agiu em “legítima defesa”.

O delegado Michael Mendes Paes afirma, contudo, que os vestígios e as informações ditas pelo acusado são contraditórias. Samuel foi preso em flagrante e agora está em prisão preventiva. Ele foi autuado por homicídio qualificado por meio cruel.

O assassinato gerou comoção na cidade, onde muitas pessoas conheciam Lorhany por meio do trabalho como cozinheira em um bar. A vítima também frequentava uma escola do município. Amigos e conhecidos fizeram manifestações nas redes sociais, lamentando o assassinato da jovem e pedindo justiça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.