Pop e Art Pride Realidade Uncategorized

Maite Schneider, uma das fundadoras do Transempregos, torna-se embaixadora da Rede Mulher Empreendedora

45558782_488178805027926_1927219892356907008_n.jpg
Maite Schneider

Maite Schneider – artista, ativista dos direitos humanos, consultora em temática de inclusão e diversidade e uma das fundadoras do TransEmpregos – é a mais nova embaixadora e influenciadora da Rede Mulher Empreendedora. Trata-se da maior rede de apoio ao empreendedorismo feminino no Brasil, fundada há nove anos, com parceria da ONU Mulheres . É a primeira vez que uma mulher transexual torna-se embaixadora da RME.

“Estou mega feliz e emocionada. É uma rede de mulheres empoderadas, incríveis, que se fortalecem e que divulgam ações sociais muito positivas e enriquecedoras. Pude ver que estou no caminho certo, com pessoas que tem o ideal de melhor do mundo através do reconhecimento e fortalecimento das diferenças, tendo na diversidade a nossa maior igualdade”, afirmou Maite ao NLUCON.

O convite partiu da fundadora Ana Fontes, após conhecer a história de Maite e acompanhar durante dois anos as palestras e contribuições dentro da Rede. Maite palestrou pela primeira vez na Virada Empreendedora e no Fórum Empreendedoras, participando posteriormente de todos os eventos da RME. Ela incluía pela primeira vez as demandas das mulheres trans, travestis e transexuais e chegou a ser eleita uma das 20 mulheres de destaque em 2017.

“A história da Maite inspira as pessoas e observamos um perfil empreendedor dentro de um tema árido em que as pessoas no geral têm dificuldade e acabam fugindo. Ela consegue fazer diversas conexões, como ter uma visão de negócios dentro de uma perspectiva de inclusão. É um trabalho focado de verdade nas pessoas que mais precisam de ajuda, que são as mulheres e pessoas trans. Sempre com muita seriedade, relevância e empenho”, afirma Ana.

WhatsApp Image 2018-11-05 at 15.44.53
Mulheres trans e travestis participam do WOMENWILL, parceria da RME, TransEmpregos e Google

Maite defende que ser embaixadora também é uma conquista para a população formada por mulheres trans e travestis. “Até porque trago isso na minha história, vivência e referência. É importante que tenha lá essa minha visão para que eu possa falar sobre essas questões trans lá dentro, trazendo certas inquietudes ou ampliando certas ações que ficam limitadas. Posso trazer um olhar que pode ampliar. Vai ser muito legal e a experiência está sendo muito positiva”.

A fundadora concorda e diz que, ao trazer mulheres com diversas vivências, opiniões e discursos, consegue abranger e incluir cada vez mais todas as mulheres que possuem pequenos ou micro negócios. Ela revela que há 500 mil mulheres na RME, que recebe apoio da ONU Mulheres e da empresa Google, e que é referência dentre as instituições que ajudam mulheres a gerar independência por meio do empreendedorismo.

“Acreditamos que quando você é dona do seu dinheiro, você é dona das suas decisões. Então é absolutamente fundamental que as mulheres consigam, através do emprego ou do empreendedorismo, a sua renda para tocarem suas vidas”, afirma.

Vale dizer que grande parte da população trans e travesti encontra dificuldade de se inserir no mercado formal de trabalho por conta da transfobia social, que as acompanham desde o ambiente familiar, escolar até a vida profissional. Segundo a ANTRA, estima-se que mais de 90% da população trans e travesti está inserida na prostituição, muitas por imposição. É por esse motivo que Maite, acompanhada de outras ativistas trans, criaram o Transempregos, projeto de empregabilidade que visa sensibilizar e conectar empregadores sem preconceitos com profissionais trans e travestis.

Segundo Maite, o fato de ser embaixadora não vai mudar a maneira como já desenvolvia suas ações dentro da Rede, mas traz ainda mais responsabilidade. “Você acaba tendo mais deveres que funções. Fico feliz e honrada por acreditarem que eu tenho potencial para desenvolver essas tarefas de visibilidade positiva e de pensar ações afirmativas de inclusão a toda diversidade”, finaliza.

Saiba mais sobre a rede clicando aqui.

44764882_2292956940745438_332561327773974528_o (1)
“Foi paixão à primeira vista”, diz Maite Schneider sobre Ana Fontes e RME

um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.