Pop e Art Pride Realidade Uncategorized

Notas para meu corpo em transição – por Nicolas N. Mardem

48077742_268035247215368_5262120663212097536_n

Eu andei escrevendo sobre você
Já não sei se é para você ou para mim
Só sei que andei escrevendo sobre você.

É difícil admitir que somos um só
Você pertence a mim, quem diria…
Meu corpo. Meu traje. Minha carne. Meu escudo.

Em grande parte dos dias eu detesto você
Me perdoe, sei que está fazendo tudo o que pode por mim
Sei que está se transformando no seu limite

Eu quero respeitar você, sei que preciso.
Mas hoje eu quis rasgar você, te destruir completamente
Hoje eu pensei em te descartar como um simples papel de bala..

Eu sei que a culpa não é sua
É preciso ser paciente
Somos apenas um

Espero que possa me perdoar pelos dias de maus tratos
Eles se tornarão cada dia mais escassos
Ainda preciso te aceitar e respeitar

Os dias vão passando e a bagunça também
Nós estamos nos adaptando
Redescobrindo como é viver

Esse corpo já me aprisionou e sufocou
Mas hoje entramos em um consenso: chega de ódio, chega de punição
Afinal cada um de nós é apenas um corpo em transição.

Nicolas N. Mardem
Goiano, homem trans de 18 anos e estudante de letras na UFJ.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.