Rede Paraense de Pessoas Trans realiza seminário, exposição e atos em alusão ao Dia da Visibilidade Trans

50412333_2035029016581582_11488955912421376_o
Isabela Santorinne media a mesa nesta quarta-feira (23)

A Rede Paraense de Pessoas Trans (REPPAT) realiza do dia 21 ao dia 30 a “Semana da Visibilidade Trans”. Trata-se de diversas atividades artísticas e de militância em alusão ao Dia Nacional da Visibilidade Trans, que ocorre dia 29 de janeiro. A programação completa e localização você confere logo abaixo.

A Semana contará com a exibição de filmes, debates, seminários e atos. Uma exposição artística com desenhos, pinturas e poesias de Danillo Pietro, Miguel Lopes, Sophia Assunção, Rafael Carmo e Sten Gustavo podem ser vistas até o dia 30 na Universidade Federal do Pará, nos altos do Vadião.

“É essencial que no atual cenário estejamos organizados para mostrar ao novo governo (em nível das três esferas) que a população não ficará acomodada diante ao desmonte de seus direitos, ou tão pouco deixará de lutar pela manutenção dos mesmos. Afinal, estaremos unidos para garantir um país democrático. Vamos juntos dizer e mostrar a sociedade que existimos e resistimos”, diz a página do evento no Facebook.

Dentre as atividades, haverá nesta quarta-feira (23), às 15h, o Cine Trans com a exibição de SOMOS: webdocumentário sobre identidade de gênero, na Sede do Olivia – UFPA. Ele é seguido de um debate com a discente em serviço social e ativista trans Bárbara Caroline e o militante, fotógrafo e tatuador Kaio L. Cardoso. A mediação é da coordenadora do REPPAT Isabella Santorinne.

Na quinta-feira (24) rola a partir das 15h uma roda de conversa sobre “Papéis de Gênero: um debate sobre feminismo, transmasculinidades, machismo e suas consequências”, na Sede do Olivia – UFPA. Os debatedores serão a ativista trans e negra Rayanne Cristina, a psicóloga e feminista negra Flávia Câmara e Anelyse Freitas, da Defensoria Pública do Pará. A roda será mediada por Rafael Carmo, coordenador da REPPAT.

50563485_537392836754674_8217067388449849344_o
Exposição ficará até o dia 30 na UFPA

ATOS

Sexta-feira (25) será realizada a partir das 15h a Ação Cidadania, no Altos do Vadião. Trata-se uma ação com testagens rápidas para IST, distribuição de preservativos, atendimento da Defensoria Pública e encaminhamento de pessoas trans para a retificação de prenome e gênero. Por volta das 17, inicia o momento cultural chamado “Sexta Ponto T”, com DJ, apresentação artística, fala de militantes e muito mais.

Sábado (26) a será realizada às 9h o ato “Pelo Direito a vida, e em respeito a Diversidade”. Trata-se de uma cerimônia religiosa em memória das pessoas trans assassinadas no Brasil. Ela ocorre na igreja Episcopal Anglicana do Brasil (Catedral de Santa Maria), na Rua Av. Serzedelo Corrêa, 514, Batista Campos (em frente ao cemitério da Soledade).

E no domingo (27), às 15h, haverá outro ato-manifesto: “Ser Trans é Resistência: minha identidade é um ato político”. O encontro ocorre no Mercado de São Brás. A organização pede que nos atos as participantes levem faixas, bandeiras, cartazes, camisas e principalmente o desejo de construir um país sem transfobia e tantas desigualdades sociais.

49188463_1958075200967321_5541543779426631680_n
A psicóloga Lya Corrêa participa do Seminário sobre despatologização das identidades trans

SEMINÁRIO

Por fim, na terça-feira (29), Dia da Visibilidade Trans, haverá o Seminário da Visibilidade Trans: Debater para garantir”. A primeira mesa começa às 14h e traz o tema “Despatologização das Identidades Trans e suas Especificidades”. O debate fica por conta da psicóloga Lya Corrêa e da psicoterapeuta George Pontes.

A segunda mesa  – Pessoas Trans e Seus direitos fundamentais – tem início às 16h. Os debatedores serão o defensor público Fábio Rangel e a doutora Dayane dos Santos. Ambas ocorrem no Auditório da Defensoria Pública do Estado do Pará.

Vale dizer que a toda a programação é gratuita e que estão convidadas tanto pessoas trans e travestis quanto as pessoas cis que estão engajadas na luta em prol dos direitos das pessoas trans e contra a transfobia. Programe-se e venha! Você pode confirmar a sua presença e ter outras informações clicando aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.