Pride Realidade Uncategorized

“Tenho orgulho de ser um filho gay de Deus”, anuncia estudante em formatura de escola conservadora

800
O jovem cientista político Matt Easton, de 24 anos, decidiu transformar o momento de “sair do armário” em uma verdadeira e corajosa bandeira contra o preconceito. Ele fez isso durante a formatura da Brigham Young University, faculdade conservadora e fundada pela Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, nos EUA.

Matt era orador de sua turma e disse a todos os presentes: “Estou diante de minha família, amigos e colegas de classe para dizer que tenho orgulho de ser um filho gay de Deus. Eu não estou corrompido. Eu sou amado e sou importante no plano de nosso grande Criador. Cada um de nós é”.

Ele afirma que há quatro anos seria impossível imaginar sair do armário na frente de toda a universidade. Mas que se sente muito feliz por realizar o feito. “É um sentimento fenomenal. E é uma vitória para mim e para todos”, continuou. Matt recebeu gritos e aplausos de apoio de seus colegas e familiares, incluindo a mãe, que luta contra o câncer.

O feito é realmente surpreendente, uma vez que a escola segue os dogmas da religião mórmon e trata a sexualidade e a homossexualidade com muita rigidez e reprovação. Em entrevista ao KUTV, Matt declarou existe um “Código de Honra” na faculdade, que presa a castidade e diz que a homossexualidade é uma prática “inadequada”.

“No Código, o comportamento homossexual não inclui apenas relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo, mas todas as formas de intimidade física que dão expressão a sentimentos homossexuais”, continuou. Até pouco tempo a igreja proibia o batizado de filhos de pessoas LGBT, até que elas completassem 18 anos e renegassem os seus pais.

estudante

No Twitter, Matt contou que já havia contado para a família e amigos que é gay, individualmente, mas que foi a primeira vez que reconheceu publicamente a sua sexualidade. Disse que fez simplesmente o que tinha que fazer. E até elogiou a faculdade para ter lhe dado base para enfrentar os desafios espirituais e seculares, bem como terem dado subsídios para a sua fé.

Com grande repercussão nas redes sociais, muitas pessoas mórmons ou não viram a atitude com a possibilidade de acolhimento. No Youtube, algumas pessoas escreveram: “Isso me dá esperança! Você é todo maravilhoso”. “Eu não te conheço, mas fiquei emocionada assistindo isso”. “Eu não poderia ter imaginado isso quando me formei em 2009. Coragem e postura”, escreveu outra.

Ainda que a mudança de dogmas seja vista como algo impensado, ele diz que a intenção é que haja uma maneira diferente das próprias pessoas se observarem e refletirem sobre suas caraterísticas. “Minha geração, e mais ainda a geração depois de mim, estamos mudando a maneira como falamos sobre nossa identidade e quem somos”, disse Easton ao Post. “Não há problema em ser diferente ou não se encaixar na norma”.

Assista: 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.