Direito Realidade Uncategorized

Artistas protestam contra projetos e decreto de Bolsonaro que facilita caça de animais silvestres no Brasil

Bruno Gagliasso Luisa Mell.jpg

Diversos artistas e ativistas gravaram um vídeo neste mês em protesto contra diversos projetos de lei que tramitam em Brasília e que visam liberar a caça de animais silvestres no país. Nessa terça-feira (07), Jair Bolsonaro assinou o decreto CAC, que facilita o acesso a munição e o transporte para armas de fogo para atiradores esportivos, caçadores e colecionadores.

No vídeo lançado pela organização #342Amazonia, Alinne Moraes, Thaila Ayala, Luisa Mell, entre outros, apontam que o Brasil é o país que mais trafica animais do mundo e explicam  que o tráfico é a caça. “Esta é a terceira maior prática ilícita no Brasil, ficando atrás somente do tráfico de drogas e armas”, diz o ator Bruno Gagliasso.

A atriz Alexia Dechamps questiona: “Matar, violência, armas, mais armas no Brasil?”. “Além disso, qual é o recado que nós passaremos para as gerações futuras? Eles cresceram vendo animais sendo caçados como algo normal”, diz Miguel Falabella. “Matar não pode ser algo normal”, defende Carolina Dieckmann. Então todos dizem: “Diga não à essa barbaridade”.

Segundo os idealizadores da campanha, “A caça é uma realidade criminosa no país, e pode piorar. Isso porque Bolsonaro diz que vai cumprir mais uma de suas ameaças contra o meio ambiente, flexibilizando a legislação que regula a caça no Brasil. A promessa do presidente tem endereço certo: facilitar a vida daqueles que querem assassinar animais por diversão”.

O decreto assinado pelo presidente nessa semana permitirá que cerca de 250 mil cidadãos registrados como “colecionadores, atiradores desportivos e caçadores”, possam andar com suas armas e munição. O documento flexibiliza as regras para registro, posse, porte e comercialização de armas e munições para colecionadores, atiradores esportivos e caçadores. De acordo com o porta-voz do governo, Otávio Rêgo Barros, a medida trata da “desburocratização do mercado de armas e munições”

Apesar da facilitação, o presidente declarou que “ninguém está liberando caça no Brasil”, pois para mudanças nas regras o Congresso deveria aprovar. Mas a Aliança Pró Biodiversidade (APB) aponta que existem quatro projetos de lei atualmente sobre o tema na Câmara dos Deputados: A PL 6.268/2016 (PL da Caça) e PLP 436/2014, ambos do MDB, PL 7.136/2010 e PL 1.019/2019, do DEM, todas visando a liberação da caça de animais e facilitação de armamentos para os mesmos.

Você pode assinar duas petições online para se posicionar contra as propostas clicando aqui e aqui.

Assista aqui: 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.