Ir para conteúdo

Gianmarco Negri faz história ao ser o primeiro homem trans a se eleger prefeito na Itália

193149309-8c65af39-1254-4b1c-8774-b80aebe74c9a

O advogado Giannmarco Negri, de 40 anos, acaba de fazer história na Itália. Ele foi eleito nessa segunda-feira (27) prefeito do pequeno município de Tromello, na província de Pavia, tornando-se o primeiro homem trans eleito para o cargo no país e estima-se que no Mundo.

Ele disputou contra outros três candidatos e venceu com 37,5% dos votos. Os outros concorrentes foram o ex-vice-prefeito Antonio Pavia, de centro-direita, que teve 23,16%, e o candidato da La Ligue, extrema-direita, Renato Cappa, com 25,79%. 

A cidade conta com 3.700 habitantes, cuja maioria votante deu um voto de confiança em Gianmarco, rejeitando o candidato de extrema-direita. Vale dizer que todos sabiam acerca da transgeneridade do político, que foi designado mulher ao nascer, mas que se identifica com o gênero masculino e é um homem.

Ele era conhecido, sobretudo, por aparecer em alguns programas de TV para falar sobre a luta pelos direitos civis da comunidade trans. A associação Rainbow Road Italia também cumprimentou o prefeito e declarou que a eleição “marcará o ponto de virada na pequena cidade de Tromello e na história da Itália”.

Fabrizio Marrazzo, porta-voz do Centro Gay, parabenizou o prefeito pela vitória e declarou. “Esperamos que haja muitas outras pessoas gays, lésbicas e trans eleitos nesta eleição. Por uma Itália mais inclusive e livre”.

22282045_10214621596201875_8767106731960547078_n-e1559028590756

O grupo lançou a campanha #VOTOTRANS, que visa respeitar a identidade de pessoas trans que são eleitoras. Em muitos casos, mulheres trans são obrigadas a votar em filas de homens e homens trans são obrigados a votar em filas de mulheres, o que fazem renunciar o direito ao voto

No Brasil, a representatividade de homens trans enquanto candidatos políticos é pequena. Nas últimas eleições, dados da Antra mostram que apenas um homem trans se candidatou a deputado estadual pelo PT-RJ, Cristian Lins, que recebeu 689 votos e não se elegeu. Nas eleições de 2016, Thammy Miranda se candidatou a vereador de São Paulo, recebeu 12.408 votos e se tornou vereador suplente, sem ter ocupado o cargo até o momento.


Acredita que o jornalismo é uma importante ferramenta contra o preconceito?

Apoie o site independente NLUCON e contribua com o financiamento coletivo para quitar os gastos com a produção de notícias, entrevistas e vídeos. Sua colaboração é fundamental para a existência desse site. Clique aqui.

Um comentário em “Gianmarco Negri faz história ao ser o primeiro homem trans a se eleger prefeito na Itália Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: