Ir para conteúdo

“Rezando pelas pessoas do Brasil”, diz Cher em crítica a Bolsonaro e incêndios

Da redação

A atriz e cantora Cher criticou nesta sexta-feira (23) o presidente Jair Bolsonaro (PSL) em suas redes sociais. A artista referia-se à onda de incêndios que vem afetando a Amazônia e o posicionamento do presidente, que até então fazia vistas grossas para os males envolvendo o meio ambiente, em culpar as ongs de proteção ambiental pelos desastres.

“Parece que Trump e Bolsonaro foram separados na maternidade. Bolsonaro diz que o fogo está sendo ateado para fazê-lo parecer ruim. Eu não acho que ele precise de NENHUMA AJUDA para parecer ruim”, escreveu ela. “Estou rezando pelas pessoas do Brasil”, continuou.

Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o Brasil registrou entre janeiro e o dia 19 de agosto um aumento de 83% das queimadas em relação ao mesmo período em 2018. São 72.843 focos de incêndeios até o momento.

Desta vez, o desmatamento e as queimadas ganharam repercussão mundial, sobretudo quando São Paulo, a 3.000 quilômetros da Amazônia, teve o céu escurecido em plena tarde de segunda-feira (19). O acontecimento ocorreu devido ao mau tempo e à fumaça das queimadas vindas do Norte da região central.

Bolsonaro, por sua vez, disse na quarta-feira que as queimadas são “criminosas” e culpou Ongs que atuam na proteção ambiental podem estar envolvidas, apesar de não ter apresentado provas. “Pode haver – não estou afirmando – uma ação criminosa dessas ONGs para chamar a atenção precisamente contra mim, contra o governo do Brasil. Esta é a guerra que enfrentamos. Faremos todo o possível e impossível conter o fogo criminoso”. Anteriormente, ele disse que “preocupação ambiental é coisa de vegano que só come vegetais”.

Esta não foi a primeira vez que Cher criticou Bolsonaro em suas redes sociais. Em 2018, durante as eleições, a diva do pop lamentou: “Triste que o Brasil esteja enfrentando o seu próprio Trump. Um candidato homofóbico e racista está liderando as campanha. Significaria muito se todos nós pudéssemos compartilhar esse #EleNão para apoiar isso”.

Categorias

Uncategorized

Tags

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: