Ir para conteúdo

Série “Pose” – com maior número de protagonistas trans – vai estrear este mês na Netflix

Por Neto Lucon

Pre-pa-ra! A aclamada série “Pose” – um dos maiores exemplos de representatividade trans, gay e negra na TV – chega neste mês na Netflix. O gigante serviço de streaming confirma que a partir do dia 28 de setembro, a primeira temporada da obra de Ryan Murphy, Steven Canals e Brad Falchuck estará disponível no Brasil e em todo o mundo.

+ Crítica: Pose é tudo o que sempre falamos sobre representatividade trans

Exibida originalmente em junho de 2018 pelo canal americano FX, a série faz história como a que mais contratou e incluiu artistas trans, não só nos Estados Unidos, mas em produções de todo o mundo. Tanto na frente das câmeras quanto fora dela. Dentre as estrelas estão Mj Rodriguez, Dominique Jackson, Indya Moore, Hailie Sahar, Angelica Ross, dentre outras. Já Janet Mock é roteirista.

Em oito episódios, a trama mostra como grupos marginalizados, como mulheres trans, homens bissexuais e gays, sobrevivem e vivem na Nova York dos anos 80. Como enfrentam o preconceito, o boom da aids, se apoiam, brigam, amam e vão do lixo ao luxo em segundos. A cultura do Ballroom (salão de baile, onde elas se vestem ou se fantasiam, concorrendo em diversas categorias), vogue e a criação de famílias em contextos além do sanguíneo são alguns dos pontos altos que deixam a história, com roteiro forte e denso, também leve e divertida.

Damon (Ryan Jamaal Swain) é um jovem cis e aspirante a bailarino que é expulso de casa pelos pais assim que revela que é gay. Ele encontra refúgio na casa de Blanca Evangelista (Mj Rodriguez), uma mulher transexual que acaba de criar um lar que acolhe LGBT, que visa vencer os bailes e fazer o seu nome no reduto LGBT. O maior desafio de Blanca é superar Elektra Abundance (Dominique Jackson), mulher transexual ambiciosa, com fama de má e egoísta, que deu moradia anteriormente a ela e que é atualmente invicta no baile.

Deste contexto é possível conhecer personagens encantadoras, fortes e intensas, bem como Angel Evangelista (Indya Moore), mulher trans apaixonada que vive um relacionamento conturbado com o cliente casadi Stan Bowes (Evan Peters) e Pray Tell (Billy Porter), o mestre de cerimônias do baile e uma espécie de figura paterna para os membros do baile. Ele testemunhou as mortes ocasionadas pela epidemia de HIV, viu a morte de diversos namorados por conta da doença e, agora, descobre que também é positivo.  

Ballroom: Bianca Evangelista (MJ Rodriguez) e sua família vieram para ficar
Com altos e baixos, Angel (Indya Moore) e Stan (Evan Peters) formam casal
Performance bafo de Elektra Abundance (Dominique Jackson) e sua família
Ricky (Dyllón Burns) e Damon (Ryan Jamaal) engatam romance na temporada

A Netflix incluiu Pose no seu catálogo após a avaliação extremamente positiva da crítica especializada, bons índices de audiência e a contínua renovação pelo FX. Pose teve a segunda temporada lançada no dia 11 de junho de 2019 e já teve a terceira temporada para o próximo ano. Além disso, vem sendo indicadas para diversas categorias em premiações importantes, como o Emmy e o Globo de Ouro.

Em agosto deste ano, Mj Rodriguez venceu o prêmio de Melhor Atriz no Television At Image Awards, no Beverly Wilshire Hotel, Estados Unidos. O prêmio visa prestigiar pessoas latinas que tiveram atuações marcantes na mídia.

Ansiosos?

Categorias

Pop e Art, Pride

Tags

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: