Ir para conteúdo

Jim Cheung, ilustrador de HQ com beijo gay, diz ao Brasil: “LGBT está aqui para ficar”

Por NLUCON
Foto: © Luigi Novi / Wikimedia Commons

O ilustrador britânico Jim Cheung comentou nas redes sociais sobre a tentativa de censura sobre a obra (Avengers: The Crusade Children) Vingadores: A Cruzada das Crianças, que assina ao lado do roteirista Allan Heinberg, durante a Bienal do Livro, que ocorreu no último fim de semana, no Rio de Janeiro.

Ele afirma que a notícia de que o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), considerou o material em questão inapropriado por ter um beijo gay o deixou surpreso. Principalmente por se tratar de uma obra que ele realizou há quase 10 anos.

“Não sei o que levou o prefeito a procurar uma obra com quase uma década e que já estava à venda há muitos anos, mas posso dizer honestamente que não havia motivação ou agenda ocultas por trás da obra na promoção de um estilo de vida específico, nem no direcionamento de um único público”, declara.

O ilustrador sugere que o fato de um livro, de quase uma década atrás, ser atacado agora pelo prefeito pode ser explicado pela falta de contato com os tempos atuais. E frisa: “A comunidade LGBTQ está aqui para ficar, e eu não tenho nada além de amor e apoio para aqueles que continuam lutando pela validade e uma voz a ser ouvida”.

Jim, que é conhecido por ilustrar capas da Marvel e DC, afirma que sua profissão e vocação como artista é contar histórias. E que a cena do beijo entre dois personagens “apenas descreve um momento de ternura entre dois personagens que estão em um relacionamento estabelecido”.

“Como artista, minha paixão é contar histórias; histórias de grande heroísmo, compaixão e amor, com personagens tão autênticos e diversos quanto possível Personagens que retratam todos os estilos de vida e cores, sejam pretos ou brancos, marrons, amarelos ou verdes”, continuou.

Por fim, ele deixou uma mensagem aos brasileiros: “Espero que o povo bonito do Brasil, essa nação maravilhosamente diversa e orgulho, veja através desse ‘barulho’ político e coloque seu foco na luz e nas maneiras de se unir, em vez de ajudar a semear as sementes do conflito e da divisão”, finalizou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: