Ir para conteúdo

“Máscara da hipocrisia caiu”, diz Ariadna Arantes sobre Théo Becker

Por Neto Lucon

A polêmica envolvendo a tentativa de censura a um livro com beijo gay na Bienal do Livro no Rio de Janeiro no último fim de semana ganhou um novo capítulo – e debate – nas redes sociais. Desta vez envolvendo Théo Becker – ator cis que ficou conhecido pelas brigas em A Fazenda 1 (Rede Record)– e a  ex-BBB, digital influencer e estudante de psicanálise Ariadna Arantes, que atualmente mora na Itália.

Tudo começou quando Théo foi às redes sociais apoiar a tentativa de censura do prefeito Marcelo Crivella ao livro com temática LGBT e dizer que estão querendo “destruir a família” e fazendo a esquerda imperar. E emendou que as pessoas que tiverem acesso a obra “Serão todos garotos de programa e prostitutas”. O ex-A Fazenda declarou ainda que o amor só é transmitido quando um homem beija uma mulher.

O que ele não poderia imaginar é que Ariadna lesse as declarações e resolvesse, como ela mesma diz, fazer a máscara da hipocrisia cair. Em seus Stories, Ariadna lembrou na quarta-feira (11) do tempo em que trabalhava como profissional do sexo e que foi abordada vejam só, por Théo Becker – o mesmo que agora fala contra a comunidade LGBT e contra as profissionais do sexo – na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

“Coisa engraçada Théo Becker falar uma coisa dessa na mídia, né? E, no entando, vivia se esfregando com a (modelo) Patrícia Araújo (que era travesti). Que coisa, né? Inclusive me pagou, você lembra? Há anos atrás, antes do Big Brother, na Barra da Tijuca… Vamos deixar de hipocrisia, hein. O mundo está cheio de prostitutas porque tem gente como você que paga”, declarou.

Em novo post, Théo disse num primeiro momento que Ariadna é uma “biscate oportunista”, mas admitiu que chegou a pagar “mulheres profissionais” para momentos em que ele se sentiu só. “Agora eu disse mulheres … e não travestis ou homens. Lamento, mas não sou chegado”, escreveu. Ele disse que Ariadna “no máximo pode ter estado em alguma festa ou no mesmo teto”, sem que ele tenha percebido, mas negou um envolvimento. “Aí já é demais pra nós. Sonhou e terá de provar”.

PROFISSIONAL DO SEXO


Ao NLUCON, Ariadna declara que chegou a se relacionar profissionalmente com Théo há cerca de 10 anos, quando não havia participado do Big Brother Brasil, mas que já havia passado pela cirurgia de redesignação genital – popularmente conhecida como mudança de sexo. “Eu nenhum momento eu disse que ele saía com homem, até porque eu sou uma mulher e, inclusive, já havia passado pela transição”.

Ela afirma que eles saíram por três vezes, mas que nos primeiros encontros não sabia quem ele era. “Eu só fiquei sabendo quando vi o baú da Fazenda (reality show da Record) no apartamento da Barra. Daí eu fui na internet pesquisar os participantes e vi quem era ele. Mas nunca vi nenhum problema, até porque não faz o meu tipo”.

Ao comentar se teria provas do encontro, ela diz que, como já se passaram 10 anos e ela sempre foi muito profissional, valendo-se da discrição pedida no trabalho, não tem nenhuma foto. Mas aponta para a primeira postagem de Théo sobre suas declarações. “Ele mesmo disse que um possível encontro ocorreu há 11 anos, sendo que eu nem havia falado a data até então. Ele sabe do que eu estou falando, tanto que deois apagou”. O print que Théo em questão foi salvo antes da alteração.  

Confira os prints em que Theo diz que poderia ter estado “no mesmo teto” com Ariadna há 11 anos e, na edição, em que tira a menção da data:

Ela defende que seu único objetivo foi rebater a hipocrisia do ator, uma vez que ele atacou a comunidade LGBQI+ e também as profissionais do sexo. “Só existe a prostituição porque tem quem pague. E ele pagou, não sei se ainda paga, mas pagou inclusive para mim. A máscara da hipocrisia tem que cair e ela caiu. O Brasil está cheio de pessoas hipócritas, que se passam de santas, que dizem que não tem preconceito, mas que estão o tempo todo fazendo discórdia e causando preconceito. Isso tem que parar, ninguém tem que julgar ninguém”.

Ela frisa ainda que não tem vergonha de falar sobre nenhuma passagem de sua trajetória e que cada uma delas proporcionou realizar a sua transição e ajudar a família. “Cada um sabe da sua vida e dos motivos que está fazendo isso ou aquilo. Eu nunca tive problema de falar, até porque isso fez com que eu pudesse transicionar, ajudar minha família e ter uma vida mais digna. Foi um sacrifício, sim, mas que me fez bem”, declara.

MICO

Ao comentar se já havia estado com outros famosos, Ariadna responde que sim, não somente na fase como atuava como profissional do sexo, mas em relacionamentos amorosos. “Inclusive se eu fosse oportunista, eu falaria dos casos que eu tive com atores e jogadores famosos, não de alguém que está esquecido como o Théo. Eu não tenho orgulho de ter saído com alguém flopado. Inclusive é um mico para mim e em nada me acrescenta”.

Ela diz que, para além de não precisar falar de tais relacionamentos, os demais homens famosos com quem saiu não preferem preconceito à imprensa. “São pessoas maravilhosas que, assim como eu, estão preocupadas em suas carreiras, vidas e no respeito ao ser humano. Não pessoas que falam mal de algo e de um grupo, sendo que já pagaram, inclusive para mim. Chega de hipocrisia”.

“Só recebi elogio e apoio, zero ataque”, diz Ariadna

THEO SEGUE ATACANDO LGBT

Destaque na mídia hegemônica, Théo vem fazendo render a polêmica. Em novo post, ele voltou a criticar as pautas da população e promovendo a falácia da “ideologia de gênero” (que não existe) nas escolas.

“Aqui vai mais uma vez para quem acha que me abalou. Não tenho nada contra gays e nunca tive, inclusive tenho-os na minha família, mas os que respeito e conheço, não concordam com ideologia de gênero para crianças nas escolas, apenas os dessa geração mimimimi. Toma de novo!”, escreveu.

Nos comentários houve quem lembrasse de outra hipocrisia. Nos anos 90 ele posou nu para a extinta revista G Magazine, voltada ao público gay. Detalhe: a revista com ele seminu na capa não vinha em saco plástico opaco na época e poderia ser vista por todos que entravam nas bancas. Houve até quem destaque os elementos do universo infantil no ensaio, bem como psicina de bolinhas e ursinhos de pelúcia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: