Perfil: Leo Moreira Sá

Nome: Leo Moreira Sá

Data de nascimento: 09/03/1958
Profissão: músico, ator e lighting designer
Qual é o  seu T: Embora não me enquadre em nenhuma categoria, me posiciono como transexual como estratégia política em solidariedade aos meus pares
Filme: Blade Runner
Frase: “Sou um dissidente da verdade. Não creio na ideia de discurso de verdade, de uma realidade única e inquestionável”, Jean Baudrillard.
Sonho: Que um dia todas as pessoas possam compreender e respeitar aquelas que não se enquadram na heteronormatividade.
Quem sou eu: Fiz graduação em Ciências Sociais na FFLCH-USP, e na década de 80 participei do grupo SOMOS, o primeiro grupo em defesa dos direitos LGBT do Brasil e militei no GALF, Grupo de Ação Lesbo-feminista. Fui baterista da banda de punk rock Mercenárias com 3 discos gravados inclusive com uma coletânea lançada na Inglaterra em 2005.
Na década de 90 eu trabalhei na noite LGBTTs de São Paulo e tive uma casa noturna de música tecno chamada Circus . Há alguns anos me tornei ator de teatro, atuando em dois espetáculos produzidos pela Cia de Teatro Os Satyros: “Hipóteses para o amor e a verdade” que foi filmado e em breve será lançado em circuito comercial, e Cabaret Stravaganza que me rendeu o Prêmio Shell 2012 pela criação da Iluminação da peça.
Atualmente estou em processo de criação de um novo espetáculo teatral autobiográfico sob a direção de Nelson Baskerville, também Prêmio Shell 2012 de melhor direção pela aclamada peça Luis Antonio-Gabriela! Sou ativista na defesa dos direitos humanos com foco nas pessoas trans e faço parte da diretoria da ABHT – Associação Brasileira de Homens Trans”.

Anúncios

um comentário

Os comentários estão fechados.