Perfil: Lirous K’yo Fonseca Ávila

Nome: Lirous K’yo Fonseca Ávila
Idade: 30
Profissão: Estudante de Serviço Social e militante
Estado Civil: Casada
Como se define: Trans
Frase: “Não me vejo como um herói, pois para ser herói alguém precisa fazer algo de perigoso, não fiz! O que fiz foi algo que os outros achavam impossível, mas eu tinha de tentar, para ver se era possível ou não. Meu lema é se algo não é obviamente impossível então deve haver uma maneira de fazer!” Nicholas Winton – Meu herói!
Sonho: Viver em um mundo sem preconceitos.

Quem sou Eu: Estudante de Serviço Social pela UFSC nascida em Porto Alegre e criada em Florianópolis. Tenho 30 anos e comecei a minha carreira musical aos 8 anos de idade em corais escolares. Estudei música clássica, Lírica e Gospel (Negro Spirity). Fui regente do Coral da Bibliotheca Pública Pelotense e da Serte. Trabalhei em programas de televisão, nas áreas de politica, arte, música cantora lírica e eletrônica, comecei um trabalho na área de direitos humanos em 2004, pelo instituto Arco-íris. Em 2006 umas das organizadoras voluntária da primeira parada da diversidade de Florianópolis / SC, Organizadora e delegada da 1° conferência estadual LGBT de SC Uma das delegadas convocadas para estar presente na 1° Conferência nacional GLBT de Brasília, Primeira diretora LGBT da UCE, hoje, voluntária da casa Bezerra de Menezes em Palhoça, membro das instituições Desdobrando Arte, membro da ADEH. Trabalho nas Áreas como militante PCdoB / SC e integrante da diretoria dos movimentos sociais do partido, militante LGBT, militante da Saúde da Cultura e arte, direitos da mulher e direitos humanos. 

 
Anúncios